Um olho no design, outro no meio-ambiente.

A Desfiacoco tem presente, desde sua criação, a preocupação com o meio ambiente. Cada material e cada processo é escolhido pelo estúdio de acordo com os princípios do eco design: O impacto ambiental dos materiais, eficiência energética, otimizar a logística, qualidade, durabilidade e possibilidade de reutilização e reciclagem.

A escolha de seguir esses preceitos envolve a busca constante por novas matérias primas e técnicas. Essa busca, paralela àquela por surpreender e inovar, mantem o estúdio vivo, em movimento e em sintonia com o mundo.
 

A proposta de desenvolver produtos desmontáveis deve-se à possibilidade de redução do volume da embalagem, que otimiza a logística e reduz assim a emissão de gases de efeito estufa liberados pelos meios de transporte. Além disso, quando o produto é desmontável, cada peça pode ser trocada individualmente, o que aumenta o seu ciclo de vida e evita o descarte prematuro. 

As espumas ecológicas são produzidas sem emissão de CFCs (clorofluorocarbonos), substâncias que deterioram a camada de ozônio. Na alta atmosfera, os CFCs reagem com o ozônio e o transformam em oxigênio comum. Quando isso acontece, as moléculas perdem sua capacidade de absorver os raios ultravioletas do Sol e proteger a superfície da Terra dessa poderosa radiação nociva à vida.

Alguns materiais e processos utilizados pela Desfiacoco

O uso de resíduos de fibras naturais de cana-de-açúcar, coco e madeira evita seu descarte na natureza e poupa matérias primas não renováveis. 

Produtos 100% recicláveis podem ser transformados em matéria-prima para novos produtos.

A tinta UV não desbota e não contém metais pesados em sua composição. Esse tipo de metal, quando descartado na natureza, é absorvido por vegetais e animais, provocando intoxicações. 

O uso de madeira reflorestada contribui com a preservação da mata atlântica e de suas espécies nativas, além de seu plantio ser uma das maneiras mais eficazes para reduzir a concentração de CO2 na atmosfera. 

Pinus e Eucalipto reflorestados são facilmente encontrados no Paraná. Logo, a escolha por esse tipo de madeira otimiza a logística, reduzindo a emissão de gases de efeito estufa liberadas pelos meios de transporte. 

Os produtos desmontáveis possibilitam a redução no volume da embalagem, que otimiza a logística e reduz a emissão de gases de efeito estufa liberados pelos meios de transporte. Além disso, cada peça pode ser trocada individualmente, o que aumenta o seu ciclo de vida e evita o descarte prematuro.

As espumas ecológicas são produzidas sem emissão de CFCs (clorofluorocarbonos), substâncias que deterioram a camada de ozônio. 

Siga! Receba notícias no seu e-mail: